02. A Cidadela do Caos

A Cidadela do Caos

A Cidadela do Caos

Título original em Inglês:
The Citadel of Chaos

Título em Português (PT):
A Cidadela do Caos

Numeração original: # 2

Autor:
Steve Jackson (Reino Unido)

Lançamento:
07 de Agosto de 2009 e relançamento em julho de 2016

Ilustrações:
Russ Nicholson

Ilustração da capa por:
Patricia Knevitz (arte) e Ricardo Riamonde (cores)

Tradução para Português-BR:
Gustavo Brauner e Leonel Caldela (revisão)

Nas profundezas da Cidadela do Caos, o terrível feiticeiro, Balthus Dire, está conspirando e planejando a derrocada do povo generoso do Vale dos Salgueiros. Seus planos de combate estão prontos, seu exército assustador equipado, e o ataque é indiscutivelmente iminente.

Convocado por uma súplica desesperada de ajuda, VOCÊ é a única esperança do Vale dos Salgueiros. Aluno brilhante do Grande Mago de Yore e um mestre da magia, só você pode empreender uma missão que atinja o próprio coração do mundo de pesadelo de Balthus Dire. Que criaturas monstruosas esperam por você lá?

“A Cidadela do Caos” narra a ameaça do maligno feiticeiro e senhor da guerra Balthus Dire e seu plano de conquista de Allansia, a começar pelo pacífico Vale dos Salgueiros. Nesse livro você é um aprendiz de mago, aluno da Escola de Magia do Grande Mago da Floresta de Yore (mestre de Yaztromo, Nicodemus e Pen Ty Kora, mais conhecido como “Curandeiro”). O feiticeiro é senhor e mestre da fortaleza, caracterizada por uma sinistra torre que a permeia conhecida como Torre Negra, situada no coração dos Rochedos Craggen, lar de tribos de orcs e goblins que lá permaneceram após a Guerra dos Magos que devastou Allansia. A fortaleza, outrora construída pelo avô de Balthus, Gandor Dire, para fins pacíficos, ganhou esse nome por conta das experiências criadas por Dire em seus laboratórios com criaturas vivas e também pelo exército de caóticos (criaturas que servem o Mal e o Caos) que infestam o lugar. Balthus Dire reuniu um exército dessas criaturas e planeja conquistar todas as terras civilizadas de Allansia, a começar pelo Vale dos Salgueiros e a cidade de Salamonis.

Balthus Dire é um Feiticeiro e um brilhante Senhor da Guerra, com grandes tendências de conquista. Foi um dos três alunos de Volgera Darkstorm, um poderoso mago de outrora, junto com Zagor e Zarradhan Marr. Tomou posse da cidadela ao assassinar seu pai, Craggen Dire, e transformou a pequena guarda da Torre Negra em um vasto exército de criaturas do Caos. É também muito temido e respeitado por seus servos e pelas criaturas dos Rochedos Craggen, principalmente por sua crueldade. Ao herói, através da escolha pessoal do sábio e pacífico Rei Salamon, é dada à missão impossível de invadir o território inimigo às escondidas e secretamente por fim à ameaça de Dire. Entretanto o herói precisará utilizar seus conhecimentos de magia, bem como suas habilidades com a espada para enfrentar os servos de Balthus Dire e encontrar o caminho pela sombria cidadela até o terrível vilão.

Capa da segunda edição

Capa da segunda edição

Nesta aventura, o herói tem à disposição um arsenal de magias à escolha (12 no total). Com as escolhas certas, é muito fácil chegar ao final da história. O grande trunfo deste livro é que o personagem possui chances de chegar à conclusão da aventura com os valores mínimos de Habilidade, Energia e Sorte. O herói também pode evitar a grande maioria das batalhas, utilizando itens encontrados na cidadela que são objetos de fraqueza ou desejo de vários inimigos. “A Cidadela do Caos” é basicamente uma aventura de masmorra, ou seja, corredores, portas, escadarias, monstros e armadilhas. Não há muito enredo, limitando a aventura a induzir o leitor a encontrar o caminho até o feiticeiro e derrotá-lo em combate. Para o herói ser bem sucedido em sua missão, ele deve encontrar diversos itens para lutar contra as criaturas de Balthus Dire e pistas que o levem em segurança pelos ardis da Torre Negra.

Há muitos momentos que aumentam o nível de qualidade da aventura, como a descrição inicial da Cidadela, a prisão subterrânea e o caminho pelo interior do castelo. A dificuldade mesmo eleva-se ao chegar na Torre Negra, onde os maiores servos do feiticeiro guardam a entrada para seu santuário. Destaque para os Ganjees, criaturas mágicas do Plano Etéreo e imune a qualquer tipo de arma comum; os Miks, mestres da ilusão, também do Plano Etéreo; a Hidra; a Fera de Garras e o portal-armadilha, onde um código de três dígitos é necessário para abri-la. Mas o auge em termos de qualidade e criatividade se revela na batalha contra Balthus Dire, onde há uma gama de opções ao aventureiro para lutar contra o feiticeiro. Pode-se lutar contra ele com magias, com um duelo simples de espadas ou utilizando objetos da sala da batalha. Nesse ínterim há chances do aventureiro se recuperar caso o feiticeiro consiga alguma vantagem em uma magia lançada e vice-versa. No entanto uma escolha errada pode ser fatal e aí que se mostra até onde pode ir a intuição do leitor. Um lance genial do autor! Uma boa leitura: aventura com boa dose de encontros criativos, com diversas possibilidades de embate e solução, enigmas simples e um clímax que se resume em uma batalha espetacular.

Notas e Curiosidades:

  • É muito agraciado pelos fãs por ser um livro que dá a oportunidade ao leitor concluir a aventura com os valores mínimos iniciais de Habilidade, Energia e Sorte. Steve Jackson queria propiciar uma aventura onde qualquer um, com uma dose de sorte, conseguisse terminar a história, não importando quão baixo fossem os valores iniciais.
  • Esta aventura possui um sistema de magias que seria expandido na série Artes Mágicas!
  • A batalha com Balthus Dire envolve um complexo sistema de disputa de feitiços que durou horas de trabalho árduo para o autor. Steve Jackson elegeu Balthus Dire como sua criação favorita de toda a série.
  • Balthus Dire aparece também no romance “As Guerras de Trolltooth”, onde Narra a história de seus primeiros anos e seu primeiro plano de conquista de Salamonis, através de uma guerra com seu rival Zarradhan Marr.
  • O livro foi republicado em 3 de junho de 2002 pela editora britânica Wizard, com a capa ilustrada por Kevin Jenkins.

Localização: Norte de Allansia, Titan
Localidades: Salamonis, Vale dos Salgueiros, Rochedos Craggen, Torre Negra.
Referências: 400

Erratas:

  • Referência 60: Onde se lê: “Levitação? Vá para 35”, leia-se: “Levitação? Vá para 33”
    Créditos: Maira Porto Ribeiro

img-joias_small
compre-aqui

Review por: Thiago Macieira